Política

Ministério da Saúde atende cobranças e vai equipar Hospital Universitário

Segundo informaram, o Bloco I do HU receberá 100 leitos, 30 aparelhos respiradores, 30 monitores, 120 bombas e demais insumos.

Compartilhe:

Um montante importante de equipamentos, enviados pelo Ministério da Saúde, deve chegar ao Amapá no próximo domingo (24) e vai preparar o Hospital Universitário da Universidade Federal do Amapá (Unifap) para o atendimento dos infectados pelo coronavírus. Serão aproximadamente 30 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) a mais.

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) esteve no hospital e pode verificar os leitos prontos para receber a população que precisar de assistência.


Em visita do último sábado (16), Randolfe esteve acompanhado da empresa responsável pela obra, do prefeito da Universidade Federal do Amapá (Unifap), Raimundo Brazão e deputados estaduais para conferir as condições da estrutura do Hospital.

“Desde o mês de março, solicitei a EBSERH a liberação do Hospital para somar no enfrentamento ao coronavírus. A empresa fez a liberação do espaço no mesmo mês. Agora – em um esforço conjunto – conseguimos os equipamentos e pessoal, e cabe ao Governo do Amapá apenas a administração do lugar”, explicou. “A abertura do HU acontece em um momento muito crítico da pandemia no Estado”, completou.


O senador relembrou que em março, na primeira reunião da Bancada Federal, fez a proposta ao grupo de parlamentares para que unissem forças pela abertura do espaço. Em abril, durante audiência com o Governo do Estado do Amapá, o parlamentar voltou a insistir na abertura HU e cobrou um plano de ação eficaz.

No dia 5 de maio, com o aumento do número de casos, o senador oficiou ao governo estadual a necessidade de uso do HU. Já no dia 12 de maio, a Universidade divulgou a liberação do espaço. No último dia 18 de maio, após visita ao prédio, em fase de conclusão da obra, o senador protocolou ofício ao Ministério Público Federal (MPF) solicitando a abertura em caráter de urgência.

Segundo nos informaram, o Bloco I do HU receberá 100 leitos, 30 aparelhos respiradores, 30 monitores, 120 bombas e demais insumos. Existe a previsão de chegada de 160 profissionais da saúde para atuarem na unidade: 20 médicos intensivistas, 20 enfermeiros, 20 fisioterapeutas e mais de 100 técnicos de enfermagem. A ação é resultado de uma iniciativa do presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre em conjunto com a Bancada Federal.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *