Política

Novo decreto põe fim ao rodízio de carros e libera futebol e autoescolas em Macapá

Prefeitura da capital também anunciou que após muitas conversas, autoescolas foram liberadas e podem retomar atividades.

Compartilhe:

Railana Pantoja
Da Redação

 

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, anunciou na tarde desta quinta-feira (30) que o novo decreto de retomada gradual das atividades econômicas e sociais libera – a partir desta sexta-feira (31) – atividades esportivas com maior número de participantes, bem como autoriza futebol e o funcionamento das autoescolas.

“Nós focamos muito no esporte, nos centros esportivos, atividades de contato, como artes marciais. Ampliamos o número de pessoas que podem participar de circuitos funcionais de rua, de 15 para 25 pessoas, visto que muitas pessoas estão com a saúde mental afetada e o esporte ajuda nisso. Escolinhas de futebol retomam também seguindo um protocolo rigoroso. O futebol está permitido, mas ainda não permitimos platéia. O campeonato vai ocorrer, mas sem público. Também vamos liberar aquelas partidas que ocorrem nas praças, de forma organizada”, anunciou Clécio Luís.

Outro setor beneficiado com esta etapa de retomada das atividades é o de autoescolas. Além disso, o horário de funcionamento do centro comercial de Macapá foi alterado e as igrejas, dependendo do espaço físico, podem receber até 150 pessoas, respeitando as regras sanitárias.
“O comércio varejista, de forma geral, vai até às 19h. Nós observamos que esse horário até 17h, estava gerando muito tumulto no final da tarde, e isso vai ajudar a reduzir o fluxo no trânsito e nos transportes coletivos”, acrescentou.

 

Rodízio
O rodízio de placas, uma das medidas que mais se prolongou durante a quarentena no estado, encerra com o vigor do novo decreto.

Vamos encerrar o rodízio. Toda decisão nossa é baseada em informações técnicas, mas também passa por um processo de experimentação. O rodízio cumpriu um papel, sim, gerava transtorno, mas cumpria seu papel de reter parte da população em casa. Vamos encerrar, mas se tivermos algum tipo de revés, adotaremos as medidas necessárias para restituir a segurança. Vivemos hoje um quadro de estabilização, mas como sabemos, a pandemia não passou, não podemos descuidar”, finalizou Clécio Luís.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *