Política

“O Parlamento brasileiro respeita a legislação ambiental,” diz Davi na COP 25

Davi Alcolumbre disse que o debate sobre as políticas ambientais no Senado e na Câmara acontecem em sintonia com a preservação das riquezas naturais, e pautado pela conciliação.

Compartilhe:

O presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), reuniu-se, no último sábado (7), com representantes de Organizações não Governamentais (ONGs) brasileiras e internacionais para tratar sobre as políticas ambientais em vigor no país. Uma comitiva de senadores está em Madri, na Espanha, representando o Legislativo na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 25).

“A nossa tese é proteger o Brasil, as comunidades tradicionais, respeitar a legislação, que existe hoje de proteção ao Meio Ambiente, porque estamos promovendo o bem-estar da humanidade, não só do Brasil. A tese da maioria do Parlamento é fazer as coisas respeitando a legislação”, afirmou o presidente do Congresso Nacional.

Davi Alcolumbre disse que o debate sobre as políticas ambientais no Senado e na Câmara acontecem em sintonia com a preservação das riquezas naturais, e pautado pela conciliação.

“O Parlamento brasileiro não vai, em hipótese alguma, em nenhum momento, sob a nossa liderança, se curvar em nenhum momento a uma decisão unilateral do governo federal”, afirmou.

Nos últimos dez anos, apenas no Senado, Casa que Davi também preside, foram aprovadas mais de 65 projetos e propostas na área.

O evento ocorre de 2 a 13 de dezembro, na capital espanhola. Tem como objetivo debater as mudanças no clima e ações para a redução dos gases do efeito estufa no planeta.

“Este é um encontro que trata das futuras gerações, mas, que a partir da nossa geração, garante a existência das próximas”,  acrescentou Davi.

O presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado (CMA), Fabiano Contarato (Rede-ES), os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AM) e Eliziane Gama (Cidadania-MA), além

do prefeito de Macapá, capital do Amapá, Clécio Luís (Rede) também participaram do encontro com

ativistas ambientais do Greenpeace, Instituto Clima e Sociedade, Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social e Observatório do Clima.

No domingo (8), a comitiva de senadores brasileiros se reúne com o Green Climate Funds (GCF) e com os governadores do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal.

É o segundo encontro sobre o clima que Davi Alcolumbre participa, Em 2017, representou o Senado na COP 23, em Bonn, na Alemanhã. Na época, Davi estava presidente da CMA da Casa.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *