Política

Prefeito de Santana processa o vice e juíza marca audiência para abril

Ofirney Sadala acusa Neném do Frango de proferir palavras e acusações levianas contra a sua honra

Compartilhe:
Paulo Silva
Editoria de Política

Desde o dia 19 deste mês, contendo 12 anexos, tramita no Juizado Cível e Criminal da Comarca de Santana uma ação judicial (queixa-crime) de Ofirney de Conceição Sadala (PSDC), prefeito de Santana, contra o vice-prefeito Francisco Rozivaldo Ribeiro de Oliveira (PV), o Neném do Frango.

Através do advogado Jair Sampaio, Ofirney Sadala acusa o vice-prefeito de proferir palavras e acusações levianas contra a sua honra, seu nome, sua imagem e sua personalidade, calúnia, injúria e difamação, inclusive vinculando em redes sociais, em datas de 14 e 15 de março de 2019, postagem de circulação publicada na rede social WhatsApp e Facebook com diversos compartilhamentos.

De acordo com Sadala, Neném do Frango postou sequencialmente, e transversalmente, áudio, e com o texto em destaque com os seguintes dizeres: ” Eh Ofirney… eu acho que um homem quando é homem, ele não veste calcinha ele veste cueca!- Que foi os 12 mil reais que tu pegou do Lobato, Ofirney….tu pegou 12 mil do Lobato lá, e aquilo foi propina! Daquele posto de saúde é…que o Lobato fez…num tem negócio de empréstimo…não existe empréstimo de dinheiro, que o Mauro pediu dinheiro emprestado pra ti…então uma das coisas é isso aí, ta ! Outra coisa que tem, é aquela situação que desviaram aquele recurso do Mais Educaç&atil de;o e do Bravo essa denúncia não entrou no Ministério Público Federal, se tu não sabe, já entrou no Ministério Público Federal! Aquela denúncia daquela professora que o Dario fez lá, falando aquelas coisas lá também, já está no Ministério Público Eleitoral! – eu falei pra ti que teu irmão Kenedy tinha roubado 70 mil reais daquela dedetização, ele e aquele pastor Jackson, são dois pastor ladrão (sic), porra! É isso eu já falei pra ti…eu estou dizendo pra ti mais uma vez que tu pegou 12 mil reais do Lobato…, me processa deu tá dizendo pra ti que o Lobato te deu 12 mil reais lá.-Por que eu falei pra ti, mandei um áudio pelo telefone do Fernando e falei pra ti naquele dia lá dentro do Fórum lá, que tu tinha pegado 12 mil reais é o Lobato”.

O processo está com a juíza Carline Regina de Negreiros Cabral Nunes, que designou audiência de instrução e julgamento para o dia 10 de abril, às 9 horas. As intimações das testemunhas arroladas na queixa-crime não foram cumpridas, tendo em vista que não consta o endereço completo das mesmas, conforme registrou o oficial de justiça.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *