Política

Promotora eleitoral acha que quadro de vereadores eleitos deve mudar

Andreia garantiu que pelo menos cinco vereadores eleitos são objetos de investigações graves sobre compra de votos e outras acusações de transgressão à lei eleitoral.

Compartilhe:

A procuradora da 2ª Zona Eleitoral de Macapá, Andréia Guedes, revelou em entrevista no início da noite desta segunda-feira, 17, que o quadro de vereadores eleitos pode ter uma mudança brusca em razão dos muitos inquéritos que estão sendo trabalhados pela Polícia Federal a respeito de denúncias feitas sobre as eleições proporcionais na capital.

Andreia garantiu que pelo menos cinco vereadores eleitos são objetos de investigações graves sobre compra de votos e outras acusações de transgressão à lei eleitoral. Ela falou no programa Café com Notícia, apresentado por Ana Girlene (Rádio Diário FM 90,9).

site-procu2“Não posso citar os nomes deles, mas pelo menos cinco eleitos para a Câmara Municipal de Macapá estão passíveis de penalidade. A Polícia Federal trabalha nos inquéritos que serão encaminhados para o Ministério Público a quem caberá o oferecimento de denúncias á Justiça Eleitoral, ou não.

A promotora também falou sobre a suspeição que foi lançada contra ela pela coligação que apoia o candidato a prefeito, Gilvam Borges (PMDB).

“Estou tranquila. Tenho 15 dias para me defender. O Ministério Público é um órgão fiscalizador imparcial. As pessoas que não agem de forma correta vão ficar sempre se sentindo perseguidas”, disse Andréia Guedes.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *