Política

Randolfe cobra estratégia para recebimento das vacinas contra Covid no Amapá

O senador alertou também que a logística de distribuição e de armazenamento precisa ser apresentada o quanto antes, uma vez que a fase científica já está próxima da conclusão.

Compartilhe:

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) solicitou na quarta-feira (30) informações ao Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Governo do Estado do Amapá acerca dos preparativos para aquisição, produção, armazenagem e distribuição das vacinas que estão em fases de testes e aprovação para imunização contra a Covid-19.

O parlamentar também cobrou transparência e uma atuação coordenada entre Governo Federal e estados para o desenvolvimento de estratégias de vacinação, tendo em vista que atualmente quatro vacinas já estão em fase de testes em estados como São Paulo, Bahia e Paraná.

Ao Governo do Amapá, Randolfe solicitou esclarecimentos quanto aos estudos, planejamentos e ações a serem tomadas, além das que já foram adotadas para viabilizar a aquisição, armazenagem e distribuição das vacinas contra o coronavírus à população do Amapá.

“Questionamos também quais serão os critérios, etapas, regiões e grupos de públicos prioritários para recebimento das doses e como será promovida a conscientização da população sobre a importância da vacinação”, explicou.

 

Vacinas
Atualmente, duas das vacinas, as mais promissoras e avançadas contra o coronavírus, sendo testadas no país: a da Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca e a da empresa chinesa Sinovac.

Outras duas, das farmacêuticas norte-americanas Johnson & Johnson e Pfizer, receberam, recentemente, autorização das autoridades brasileiras para começar os ensaios clínicos no país.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *