Última hora Polícia Política Cidades Esporte

Publicidade
Política

Randolfe é condecorado com a Lègion D`honneur, maior honraria francesa

Para o senador Randolfe a comenda é um reconhecimento a todas as pessoas que fazem do mandato um dos mais atuantes do Congresso Nacional.


O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) recebeu no início da noite desta segunda-feira (6) a comenda Lègion d’honneur, oferecida pelo governo da França pelos esforços do mandato em defesa do meio-ambiente, no combate à pandemia do novo coronavírus e pelo trabalho no desenvolvimento da região fronteiriça entre o Amapá e a Guiana Francesa. A cerimônia para entrega da condecoração ocorreu em Brasília, na sede da embaixada francesa.

Mais alta honraria concedida pelo governo francês, foi instituída em 1802 pelo imperador Napoleão Bonaparte para homenagear militares e civis de destaque em suas áreas de atuação. Cerca de cento e cinquenta brasileiros já foram homenageados com a Lègion d`honneur.

Para o senador Randolfe Rodrigues, a comenda é um reconhecimento a todas as pessoas que fazem do mandato um dos mais atuantes do Congresso Nacional. “Sem o apoio irrestrito e trabalho incansável da nossa assessoria eu tenho certeza que esta homenagem não seria possível”, ponderou o parlamentar.

Randolfe também destacou as razões apontadas pelo governo francês para concessão da Lègion d`honneur, com destaque para o diálogo profícuo estabelecido com as autoridades francesas, especialmente nas questões fronteiriças. “Nós temos que nos inspirar na nossa fronteira, naquilo que nos une e não no que nos separa, como os povos originários que ali habitam. Há séculos vivem na região explorando de forma sustentável os recursos naturais, para eles não existem limites entre as duas nações”, afirmou.

Outra questão apontada pelo senador para ser um dos agraciados deste ano com a comenda foi o trabalho desenvolvido na região de Oiapoque e Saint Georges para o combate do coronavírus. “Existe um grande fluxo de pessoas entre as fronteiras, o que exigiu especial atenção para evitar o agravamento da crise sanitária envolvendo cidadãos de ambos países”, explicou Randolfe.

Ao longo de dois séculos diversas personalidades brasileiras foram agraciadas com a medalha. Entre elas estão Dom Pedro II, Marquês de Sapucaí, Visconde do Rio Branco, Marechal Rondon, Juscelino Kubitschek e Fernando Henrique Cardoso. Hoje o senador Randolfe Rodrigues se junta a eles.


Comente