Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Política

Safra 2022/2023 do PPI terá investimento de R$ 26 milhões, diz GEA

Chamada atenderá os 16 municípios amapaenses, com nove arranjos produtivos e pretende alcançar cerca 90 entidades agrícolas.


Rodrigo Silva
Da Redação

 

O governador Waldez Góes anunciou na manhã desta quarta-feira (15), em solenidade no Palácio do Setentrião, que o Governo do Estado do Amapá investirá R$ 26 milhões no Programa de Produção Integrada de Alimentos (PPI), safra 2022/2023. O investimento acontece de forma integrada e associativa.

De acordo com o GEA, o Amapá dispõe atualmente de aproximadamente 400 produtos, produzidos por 120 empresas que trabalham em seu processo de industrialização com certificação de origem e conectados com a agricultura familiar. “Do Oiapoque ao Jarí estamos trabalhando em 9 cadeias produtivas, que são: Do cacau , açaí, mandioca, mel, fruticultura e nós procuramos focar para que essa produtividade apareça e tenha conexão com o mercado amapaense”, explicou Waldez Góes.

Esta chamada atenderá aos 16 municípios, com nove arranjos produtivos e pretende alcançar cerca 90 entidades agrícolas, que serão atendidas com serviços de mecanização agrícola, insumos e equipamentos, além de materiais específicos para atividades dos diferentes arranjos produtivos. “São milhares de pequenos agricultores, são centenas de comunidades em vários municípios amapaenses que vão receber esses recursos que vão fomentar a sua produção e que vão melhorar a sua tecnologia. O estado entra com equipamentos para a mecanização da área e os produtores entram com o plantio e comercialização e, de fato, estamos fortalecendo o setor primário do Amapá”, destacou o senador Davi Alcolumbre.

O PPI é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). Os recursos aplicados são do Fundo de Desenvolvimento Rural do Estado do Amapá (Frap).


Comente