Política

Sarney quer que ONU e UNESCO conheçam e fomentem projetos do IEPA

Ex-presidente da República, Sarney afirmou ao diretor-presidente do Iepa, Jorge Souza, que irá fazer gestão junto à ONU para conhecer e fomentar os projetos da instituição amapaense.

Compartilhe:

Elden Carlos – Da Redação

 

O diretor-presidente do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa), Jorge Souza, apresentou nesta quinta-feira (21), em Brasília (DF), ao ex-presidente da República, José Sarney, um pacote de projetos de pesquisas que vem sendo desenvolvidos pela instituição e o Museu Sacaca, inclusive, com os avanços já registrados por alguns desses projetos.

Sarney afirmou durante o encontro que irá promover uma articulação junto à representação brasileira da Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), no sentido de que representantes desses organismos venham ao Amapá conhecer e apoiar os projetos.

“O Iepa tem um papel primordial e de grande relevância no Brasil. É uma das mais importantes instituições de pesquisas na Amazônia e que também atua na preservação cultural, por meio do Museu Sacaca, e que precisa ter o reconhecimento e o apoio de organismos internacionais para fomentar pesquisas e projetos, assim como projetar o Iepa na vitrine mundial”, disse Sarney.

O ex-presidente da República lembrou o recente projeto da cerveja de acerola e o leque de opções no seguimento de fitoterápicos.

Para Jorge Sousa, receber o apoio de organizações internacionais de renome será um marco. “Com a autonomia que o governador Waldez Góes nos deu para dirigir o instituto são claros os avanços. Já garantimos alguns milhões de reais em emendas parlamentares com o diálogo que fizemos em cada gabinete na Câmara e Senado e agora, com o apoio do ex-presidente José Sarney, teremos um avanço de grandes proporções” comentou.

As Nações Unidas têm representação fixa no Brasil desde 1947. A presença da ONU em cada país varia de acordo com as demandas apresentadas pelos respectivos governos ante a organização. No Brasil, o Sistema das Nações Unidas está representado por agências especializadas, fundos e programas que desenvolvem suas atividades em função de seus mandatos específicos.

O presidente do Iepa terá ainda no mês de dezembro uma agenda oficial com Niky Fabiancic, é coordenador do Sistema Nações Unidas no Brasil, além da WWF e Greenpeace. A reunião com o ex-presidente José Sarney e agenda institucional foi organizada pelo representante da Alap, em Brasília, Elpidio Amanajas.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *