Política

Waldez reúne com gestores para tratar sobre obras e projetos na segurança e saúde

Projetos são para investimentos em 2021 e 2022, com entrega de obras, equipamentos e ampliação de serviços.

Compartilhe:
Foto: Márcio Pinheiro

Na última quinta-feira, 29, o governador do Amapá, Waldez Góes, reuniu-se com gestores das áreas da Saúde, Segurança, Infraestrutura e Planejamento para tratar sobre os investimentos no setor da saúde e segurança para 2021 e 2022. Entre eles, o cronograma de entrega de obras, equipamentos e ampliação de serviços.

São obras para melhorar a vida da população amapaense e avançar nos setores nos 16 municípios. Durante o encontro, o chefe do Executivo estadual avaliou os projetos em andamento e estabeleceu as prioridades.

“Estamos trabalhando para fazer mais entregas à população amapaense, investindo e melhorando os serviços prestados na segurança e saúde”, afirmou o governador.

Na saúde, entre as obras previstas para entrega, estão: a ampliação do Hospital de Emergências (HE); as obras complementares do prédio da Maternidade Bem Nascer, na zona norte de Macapá; as obras de ampliação do Hospital Estadual de Santana; e a nova  Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon).

Além das obras do Hospital Regional de Porto Grande, que vai atender casos de alta e média complexidade de moradores do município e cidades próximas, como Ferreira Gomes, Serra do Navio e Pedra Branca do Amapari.

Também foi discutida a ampliação de serviços do Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap), da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e do Laboratório Central (Lacen).

Na segurança, os gestores trataram sobre a continuidade na entrega de 16 obras entre quartéis, delegacias, sedes para as corporações, o píer integrado e a penitenciária de segurança máxima, conforme o cronograma estratégico, além da entrega de equipamentos e novos veículos para o setor.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *