Turismo

FORTALEZA DE CARA NOVA

De dia ou de noite, monumento encanta

Compartilhe:

CLEBER BARBOSA
EDITOR DE TURISMO

O Governo do Estado acaba de entregar a nova iluminação da Fortaleza de São José de Macapá, a maior fortificação do período colonial português no Brasil. A direção do Museu Fortaleza diz que existe uma programação regular de manutenção do monumento, mas que intervenções na melhoria da iluminação vêm sendo implementadas desde o ano passado, porém a conclusão do processo revelou surpresas que agraderam em cheio.

De cara, os novos equipamentos em luz e eletricidade, aferem um visual muito mais acessível para visitações pela parte da noite. “A gente passava por aqui e praticamente nem via a Fortaleza à noite, devido à escuridão do munumento”, diz a advogada Lílian Araújo Azevedo, 24, que diz já ter acampado no lugar com sua família – mas durante o dia.


As estimativas oficiais dão conta de que 60 mil turistas realizam visitas regulares à Fortaleza de São José de Macapá por ano. É, de cara, a principal atração turística de Macapá. “A gente sugere agora que a nova iluminação está muito bonita e eficiente, que as visitações possam acontecer também à noite, pois certamente alcançará outros públicos, que normalmente não podem fazer as visitas durante o dia”, diz o corretor Gilberto Carvalho de Souza, 51.

Funcionamento
Atualmente, o espaço interno da Fortaleza fica aberto a visitações de terça-feira a domingo, no horário de 8h às 18h. A entrada é gratuita, e o visitante pode ser acompanhado por um monitor e guia de turismo. Escolas podem solicitar visitas monitoradas através de ofício, que deve ser entregue na administração da instituição.

Trajetória
A história da Fortaleza registra período de altos e baixos, recuperações e asbandonos. A Proclamação da República (1889), e as suas sucessivas crises no início do século XX, mantiveram a Fortaleza de Macapá em relativo abandono, acarretando o desaparecimento de diversos elementos construtivos quer por deterioração quer por furto simples. Ela passou à gestão da Fundação de Cultura, em 1988.


Mais recentemente, sob o governo de Waldez Góes, o monumento foi integrado a um parque da cidade, tendo se procedido à prospecção arqueológica do entorno da fortaleza. Esse trabalho, desenvolvido pelo Laboratório Arqueológico da Universidade Federal de Pernambuco, trouxe à luz diversas obras exteriores que se julgavam inexistentes – baluartes, rampa e caminhos cobertos -, demonstrando a real amplitude e complexidade arquitetônica desta fortificação.

 

De pipa a música boa, fim de semana promete

A Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel) vai repetir neste sábado e domingo (21 e 22 de julho) as atividades do I Festival de Pipa Cerol Zero, no entorno da Fortaleza de São José de Macapá, um dos cartões postais de Macapá.
Haverá orientações sobre os locais adequados parar brincadeiras com pipas e os perigos decorrentes da utilização do cerol – mistura confeccionado de forma artesanal com materiais cortantes para revestir a linha do papagaio e que pode causar acidentes.


Entretenimento

Além de orientar sobre esses cuidados, o evento proporciona a integração social e o lazer aos frequentadores do Parque do Forte. A primeira ação do Festival na ensolarada da tarde do último domingo, 15, reuniu dezenas de famílias.

Verão
Antenados com a estação das férias. os técnicos da Sedel também distribuíram pipas e linha aos participantes envolvendo crianças, jovens e adultos, o que também vai se repetir neste fim de semana.

 

Fim de semana terá uma programação especial entre parceiros do Forte

Neste fim de semana, dias 21 e 22 de julho, o Estado do Amapá e diversos parceiros estaçao realizando uma grande ação de ocupação consciente do Parque do Forte, de 17h às 20h. As atividades serão voltadas para todas as idades, com programas de entretenimento, esporte, lazer e cultura. A iniciativa visa chamar a atenção da sociedade amapaense para o seu papel de cuidar e preservar o complexo turístico, composto da Fortaleza de São José de Macapá e do Parque do Forte, que passaram por uma recente revitalização e iluminação.


Programações

Haverá atividade para toda a família. Para as crianças terá recreação infantil e infanto-juvenil, teatro, contação de histórias, brincadeiras, pintura facial, aulas experimentais de artes marciais, jogos de frescobol, vôlei, futebol de sabão, campeonato de pipas, esportes radicais, dentre outros.

Memórias
Terá espaço específico para quem curte um piquenique em família, exposição de fotografias e carros antigos, feira de adoção de animais, apresentações musicais de diversos ritmos e bandas marciais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Atividades
Quem preferir pode participar de aulas funcionais de danças rítmicas, massoterapia, concurso de fotografia, ou apenas acompanhar o futebol de amputados, rodas de capoeira, futlama feminino e masculino, além de apreciar a exibição de kitesurf nas águas do rio Amazonas.

CURIOSIDADES

– Construída no século 18 para proteger o Rio Amazonas e a cidade de Macapá de invasões, a Fortaleza de São José do Macapá tem muralhas de 15 metros de altura.

– No entorno da Fortaleza de São José de Macapá, o Parque do Forte tem área verde, chafariz, anfiteatro e calçadão para caminhadas (Setur)

– A Fortaleza fica à beira do Rio Amazonas e protegia a cidade de invasores (Irmo Celso)
1782

Colaborou: Márcio Pinheiro

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *