Última hora Polícia Política Cidades Esporte

Cleber Barbosa

Tensão

Teve confusão ontem de novo no escritório da CEA em Macapá, por conta das gigantescas filas e das muitas reclamações dos consumidores. Há quem defenda um calote coletivo, o que agravaria mais a crise.

Exemplo

Um grupo de abnegados moradores de Serra do Navio criou a ONG “Amo Serra”, que vem realizando ações de cidadania importantes. Até mesmo as antigas piscinas do clube local, o MEC, foram recuperadas.

Verdade

O superintendente do Sebrae, João Alvarenga, está muito preocupado com a cidade. Mora em Macapá a mais de vinte anos e diz que o poder público tem sim sua parcela de culpa, mas que os cidadãos e as cidadãs podem fazer mais pela capital. “Ainda jogam muito lixo nas ruas”, reclama o gaúcho.

Interação

O coordenador da bancada federal, deputado Marcos Reátegui, recebe a imprensa na próxima sexta-feira, para prestar contas de seu primeiro ano de mandato. Será num salão de recepções da cidade e ele também lança um jornal informativo com mais detalhes sobre sua atuação parlamentar.

Mexa-se

Existe um site que combate o sedentarismo entre nós – os jornalistas. O “Jornalistas que Correm” adota como slogan “Do corre-corre das redações para a correria da rua” e dá dicas até para aproveitar o passeio com o carrinho de bebê como forma de combater a preguiça. Boa ação!

Serra

Depois do exaustivo trabalho para costurar um acordo do Estado com a mineradora Zamin Ferrous, o presidente da Agência Amapá, Eliezir Viterbino, mira suas atenções para outra província mineral, a bucólica Serra do Navio, onde ainda existe muito manganês. Comunidade, penhoradamente, agradece.

Assalto

Se não bastassem os problemas da recessão econômica, quando o dinheiro circula na mão do trabalhador, do pequeno empreendedor, enfim, aí vem o malandro e leva tudo. O pior é quando age com violência.

Caos

Por falar em assalto, a lista dos descontentes com os altos valores cobrados pela CEA engrossa a cada dia. Já há quem tema pelo pior, pois o atendimento ao público é algo que afronta a sociedade.

Valores

O problema da CEA é que alega ser obrigada a repassar supostos passivos ao consumidor final. Só que o faz de uma vez só. Gente que pagava R$ 297 terá que desembolsar R$ 1,2 mil e R$ 1,1 mil no mesmo mês.

Social

Associados do Jeep Clube de Macapá confirmam para o dia 11 de dezembro mais uma edição do projeto Jeep Noel. Levarão donativos e brinquedos para a Vila Velha do Cassiporé, distante 90 quilômetros de Oiapoque.