Cidades

MP-AP será parceiro no desenvolvimento de aplicativo de apoio a mulheres em situação de violência

Instrumento de fortalecimento de trabalho.

Compartilhe:

A promotora de justiça, Andrea Guedes, ressaltou a importância do aplicativo para somar ao trabalho já desenvolvido pelo Ministério Público, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa da Mulher e Coordenadoria de Políticas para as Mulheres. “Temos que transformar sempre a tecnologia em nossa aliada e este aplicativo trará ainda mais efetividade nas medidas protetivas às mulheres que se encontram em situação vulnerável de violência. É importante lembrar que MP desenvolve um trabalho minucioso para minimizar os casos de violência e com essa união de esforços entre as instituições, podemos cada vez mais impedir que as estatísticas continuem crescendo”.

Durante a reunião acordou-se, também, a construção de uma agenda unificada dos órgãos que integram a rede, MP e movimentos feministas de mulheres para o período da campanha ‘16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher’ – mobilização anual do poder público e sociedade civil que tem adesão de 160 países que inicia no dia 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, e vai até 10 de dezembro, o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

O objetivo da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher é chamar a atenção das autoridades e da comunidade em geral para esta demanda social crescente que é a proteção às mulheres.
De acordo com a coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Anne Pariz, nos próximos dias será assinado o Termo de Cooperação Técnica entre MP-AP e Prefeitura de Macapá para que o aplicativo seja desenvolvido o mais rápido possível e, então, disponibilizada a toda a comunidade.

Uma nova reunião será realizada no próximo dia 30 de outubro para avançar nas tratativas finais da construção da agenda unificada.

 
Compartilhe:

Tópicos: