Cidades

Escola Estadual Munguba do Jarí vence I Gincana Ecológica

A gincana envolveu alunos e professores das quatro escolas participantes.

Compartilhe:

A Escola Estadual Munguba do Jari, do município de Vitória do Jari, é campeã da I Gincana Ecológica promovida pelo Governo do Estado do Amapá. O evento envolveu diversas atividades desenvolvidas durante três meses, coordenadas pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), e culminou no último sábado, 11, em Laranjal do Jari.

A gincana envolveu alunos e professores das quatro escolas participantes. “No fim de cada mês foi realizada a mensuração de quanto cada escola estava coletando de material e a escola Munguba superou as demais e sagrou-se campeã”, frisou o secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Creão.

A final teve ainda a apresentação da miss e do mister que usaram roupas feitas com material reciclável. A programação contou ainda com concurso de melody e outras tarefas coletivas.

As quatro escolas coletaram mais de 135 mil kg em material reciclável. A escola campeã arrecadou mais de 35 mil quilos de papelão, mais de 58 mil quilos de garrafas pet, mais de 30 mil quilos de em CDs, mais 6 mil quilos de pilhas e 355 quilos de baterias de celular e carro e recebeu como premiação troféu e uma impressora multifuncional.

A segunda colocada, Escola Estadual Vanda Cabete, arrecadou mais de 3 mil quilos de papelão, mais de 900 quilos de garrafas pet, mais de 400 quilos de em CDs, mais 112 quilos de pilhas e 32 quilos de baterias de celular e carro. A escola recebeu troféu e um data show como premiação.

As demais escolas receberam troféus e comendas pela participação. “Vimos que a sociedade escolar de Laranjal do Jarí e de Vitória do Jarí participou ativamente, ou seja, cada cidadão, cada família deu a sua contribuição para a preservação do meio ambiente”, destacou Marcelo Creão.

O secretário frisou, ainda, que os resultados superaram as expectativas inicial do objetivo da gincana. “Nosso objetivo era levarmos a mensagem para cada aluno e cada professor da importância do meio ambiente e de se coletar esse material. A quantidade recolhida surpreendeu a comunidade dos dois municípios, tanto que o prefeito de Vitória do Jari já estuda incluir o evento como uma atividade oficial dentro do município em 2018”, acrescentou.

Como surgiu o projeto
A Sema é responsável pela gestão da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru, que fica localizada no município de Laranjal do Jarí. Criada em 1997, a RDS possui uma área de 806.184 hectares que além de Laranjal do Jari, inclui Pedra Branca do Amaparí e Mazagão.

A ideia para o projeto da gincana ecológica surgiu dentro de um do programa de educação ambiental da reserva. “A ideia foi mostrar para essa comunidade a importância em se preservar o meio ambiente e evitar que o lixo da cidade chegue até a reserva”, ponderou Creão.

Ele concluiu que a participação das escolas foi de fundamental para a realização do projeto e adiantou que a ideia é levar esta iniciativa para outros municípios do Estado.

 
Compartilhe:

Tópicos: