Cidades

Afap financia mais de R$ 1,5 milhão para manejo de açaí na região do Vale do Jari

A terceira e última parcela paga aos produtores da região foi realizada nesta quinta-feira, 14.

Compartilhe:
Agricultores dos municípios de Laranjal e Vitória do Jari receberam a última parcela das operações de crédito iniciadas em 2018 para trabalhar em seus açaizais. Eles acessaram recursos do Fundo de Desenvolvimento Rural do Amapá (Frap), administrados pela Agência de Fomento do Amapá (Afap), que já liberou mais de R$ 1,5 milhão para o manejo de açaí.

Os repasses para o Frap são feitos pelo Governo do Amapá, que coordena as equipes envolvidas neste processo de concessão de crédito. O governador do Estado, Waldez Góes, esteve presente no evento de entrega de cheques e destacou a importância de valorizar o homem e a mulher do campo em sua gestão.

“O colaborador que deseja ajudar a nossa administração precisa ajudar o agricultor”, ressaltou o governador, referindo-se às várias equipes envolvidas no processo.

Em Vitória do Jari, o jovem agricultor Igor Queiroz, 22 anos, relatou sua experiência com o sistema de assistência agrícola estadual.

“Procurei o Rurap e falei das minhas necessidades para fazer o manejo do açaí. Fui muito bem atendido. Eles fizeram o projeto e encaminharam até chegar no pagamento da Afap. Com esse recurso a gente consegue ampliar a nossa área, manter nosso açaizal limpo e dar continuidade às nossas atividades”, conta o agricultor.

Igor é o décimo filho do agricultor Ivo Queiroz, que também recebeu seu cheque referente à terceira e última parcela do financiamento do Frap. O trabalho com o açaí é uma tradição familiar.

“Todos os meus filhos trabalham com açaí. Esse dinheiro nos ajuda muito, nós tiramos nosso sustento do açaí”, revela seu Queiroz.

“O açaí na nossa região é a atividade que tem retorno”, completa o filho caçula.

A família de seu Queiroz mora na Ilha dos Aruãns, assim como todos os contemplados que receberam em Vitória. Incluindo as também jovens agricultoras Eliane Rocha, 22 anos, e Claudiene Pimentel, 25 anos.

“Meu pai e minha mãe já fizeram esse empréstimo, pagaram, pegaram outros e agora estão terminando de pagar o último. Eu vi meu pai recebendo e pensei que um dia eu ia pegar também para poder manter e aumentar o meu açaizal”, relatou Claudiene.

As mulheres foram destaque nesta entrega, mais de 50% dos agricultores contemplados foram elas. A deputada estadual Marília Góes exaltou essa característica, assim como a jovialidade desses homens e mulheres do campo que mantém comidas frescas em nossas mesas, aumentando nossa qualidade de vida, proporcionando geração de emprego e renda, movimentando a economia local.

O total entregue na região do Vale do Jari, com este último repasse, foi de mais de R$ 400 mil, atendendo diretamente 51 famílias.

 

Frap

O Fundo de Desenvolvimento Rural do Amapá (Frap) é administrado pela Afap com recursos repassados pelo Governo do Estado. Com juros de 4% ao ano, carência de até três anos e desconto de 20% no pagamento antecipado das parcelas ou liquidação da dívida. A Afap contrata com o agricultor e libera o recurso. Contudo, quem inicia o processo para a concessão de crédito é o Instituto de Extensão, Assistência e Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), com um projeto encaminhado para a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que analisa e autoriza os pagamentos.

 

Serviço

A Agência de Fomento do Amapá (Afap) trabalha com concessão de crédito para empreendedores do estado. Sua expertise é no microcrédito. A Agência continua liberando crédito pelo programa Amapá Mais Forte. Foram R$ 15 milhões repassados pelo Governo do Estado para ajudar a superar a crise provocada pelo coronavírus. A Afap fica localizada na rua Cândido Mendes, 1111, centro de Macapá. Para contato 3222 7979.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *