Cidades

‘Carnaval na Medida Certa’ alerta para crimes ambientais e segurança

Realizada pelo MP-AP em parceria com GEA, PMM e vários órgãos públicos, o objetivo da campanha é, ao final do carnaval, contabilizar uma redução de crimes e denúncias, bem como fazer o comparativo com anos anteriores.

Compartilhe:

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, Conflitos Agrários, Habitação e Urbanismo (Prodemac), lançou a campanha Carnaval na Medida Certa, alertando para o uso de boas práticas durante este período, com relação ao meio ambiente e segurança, e chamando a atenção para os crimes cometidos por trás dos atos. A campanha divulgada virtualmente através de redes sociais foi pensada em parceria com a Prefeitura de Macapá, Governo do Amapá (GEA), Companhia de Trânsito de Macapá (CTMac) e Batalhão Ambiental da Polícia Militar (BA/PM-AP). O objetivo do MP-AP e parceiros é, ao final do carnaval, contabilizar uma redução de crimes e denúncias, bem como fazer o comparativo com anos anteriores.
A iniciativa foi tomada em razão da grande quantidade de lixo jogado nas ruas e ocorrências registradas pelos órgãos ambientais com relação à poluição sonora, principalmente nos dias de folia. O maior número de registros de crimes ambientais na Prodemac é proveniente de denúncias de cidadãos que têm seus direitos usurpados e a tranquilidade perturbada. “Além da poluição sonora, o lixo jogado nas vias após o termino das festas de carnaval é enorme, e estes resíduos contribuem para o entupimento de bueiros, o que causa alagamento nesta época de chuvas, além de deixar a cidade suja”, justifica a promotora de Justiça Ivana Cei.
Outro ponto abordado na campanha é a segurança nas ruas e risco de acidentes provocados por motorista alcoolizado, que mutila, mata e destrói bens. “Hoje as opções para sair de casa sem correr risco e nem colocar a vida alheia em perigo são muitas, não há motivo para causar acidentes por uso de bebidas alcoólicas, tem aplicativos disponíveis, rádio-táxi, moto-taxi, carona e transporte coletivo, que podem ser utilizados. Temos que incentivar as boas práticas durante o ano inteiro, mas estamos intensificando no carnaval por causa dos exageros”, disse a promotora.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *