Cidades

Corda é entregue à coordenação do Círio 2019

Padre Rafael explica que a corda possui diversas interpretações, com destaque para a união e solidariedade daqueles que carregam a berlinda.

Compartilhe:

Railana Pantoja
Da Redação

A corda, tradição simbólica no Círio de Nazaré, foi entregue à coordenação da programação 2019 nesta segunda-feira (09). Este ano, o Círio tem como tema “Salve Maria, Rainha da Amazônia Missionária” e o lema é “O Senhor fez por nós maravilhas, Santo é o seu nome”. A procissão, ponto alto da festividade, acontece no dia 13 de outubro.

 

O padre Rafael explica que a corda possui muitos significados no Círio. “A corda nasce nos Círios por uma situação prática. O pessoal queria ajudar a carregar o carro onde estava a berlinda, e aos poucos se tornou um símbolo dos promesseiros, para participarem de maneira mais ativa; não só como caminhantes, mas também como aqueles que seguram simbolicamente a berlinda, e levam Nossa Senhora pelas ruas da cidade”, detalhou.

Outro significado e o de solidariedade e união. “Para se ter uma corda é preciso muitos fios entrelaçados, então a corda carregada todos os anos por, pelo menos, 3 mil fiéis, é sinal do caminho da vida, da comunidade, de pessoas que se solidarizam ao redor da mesma devoção e fé. É sinal de uma comunidade que quer caminhar unida, enfrentando as dificuldades, como os promesseiros que carregam a corda com dificuldade e sofrimento, mas chegam ao fim agradecendo por terem conseguido”, finalizou o padre.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *