Política

Auriney Brito é eleito novo presidente da OAB Amapá

Eleição para escolha da nova presidência ocorreu nesta sexta-feira (16). Auriney Brito, da chapa 01, foi eleito com 1.019 votos. Charles Bordalo, da chapa 02, teve 397 votos.

Compartilhe:
Auriney Brito, foi anunciado como o novo presidente da Ordem

O atual vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Secção Amapá, Auriney Brito, foi anunciado no início da noite desta sexta-feira (16) como o novo presidente da Ordem após ter derrotado nas urnas o advogado Charles Bordalo.

A eleição para escolha do novo presidente ocorreu durante todo o dia em seis seções, sendo cinco no prédio da OAB, em Macapá, e uma em Santana. 1.896 advogados estavam aptos a votar. Auriney venceu em todas as seções. No total, Auriney teve 1.019 votos contra 397 votos de Bordalo.

“Esses números mostram a força e reconhecimento de um trabalho que já vínhamos desenvolvendo junto com o presidente Paulo Campelo. Estamos tomando como prioridades fortalecer ainda mais a bandeira de defesa das prerrogativas dos advogados; o fortalecimento das políticas do jovem advogado, fazendo com que estes sejam devidamente inseridos no mercado de trabalho, além das mulheres advogadas”, disse Auriney Brito depois de ter sua vitória confirmada.


Ele também lembrou que as relações interinstitucionais serão tratadas no sentido de viabilizar processos e outras demandas dos profissionais. “São tratativas que teremos no sentido de melhorar as relações interinstitucionais. Somente por meio desses diálogos é que teremos o fortalecimento da Ordem, somente assim os profissionais da advocacia serão respeitados como devem. Passada a eleição, desmontamos o palanque e vamos chamar a todos para esse fortalecimento”, concluiu.

A eleição é válida por três anos. A data de posse da nova presidência ainda será definida. Auriney Brito foi eleito tendo como vice em sua chapa a advogada Patrícia Almeida.

Clima de cordialidade
Entrevistado pela reportagem, o atual presidente da OAB/AP, Paulo Campelo, destacou “o clima de cordialidade, de respeito mútuo pelos membros e correligionários de ambas as Chapas neste processo eleitoral; com a cooperação de todos os nossos funcionários e membros da diretoria nós vamos deixar tudo organizado para a posse, que será realizada no próprio auditório da OAB, que será estruturado, pois que esta é a casa da advocacia”.

“Independência”
A Chapa encabeçada por Auriney Brito defendeu como principais bandeiras durante a campanha a independência da Ordem e a rotatividade em sua gestão, além da implementação de instrumentos para a democratização da advocacia.


Em entrevista concedida ao Diário do Amapá logo após a apuração dos votos, Auriney agradeceu “a confiança que nos foi creditada pelas advogadas e advogados amapaenses”, afirmando que vitória representa “o reconhecimento da classe aos muitos avanços que conquistamos na atual gestão do presidente Paulo Campelo, que fez uma gestão participativa, aproximando mais os advogados da diretoria da OAB/AP”.

Auriney destacou que antes mesmo de iniciar a nova gestão vai promover a união de toda a categoria na busca de garantir “condições dignas para o exercício amplo da advocacia, ampliando a qualidade da prestação jurisdicional e viabilizando ferramentas para a inserção dos jovens advogados no mercado de trabalho”, acrescentando que se empenhará da defesa das prerrogativas, que na opinião dele é a principal ferramenta para o exercício da profissão.


Consolidação da candidatura

Durante pouco mais de seis meses Auriney Brito assumiu a presidência da OAB/AP em substituição ao presidente Paulo Campello, que se afastou do cargo para concorrer a uma vaga a deputado federal. Nesse período o advogado consolidou a sua candidatura, obtendo importantes conquistas, quase todas relacionadas à defesa das prerrogativas, além de intensificar articulações para a celebração de convênios para oportunizar cursos de especialização aos advogados amapaenses.

Destaca-se entre as conquistas de Auriney a medida liminar concedida pelo Conselho Nacional do Ministério Público para que o Ministério Público liberar o acesso aos advogados a todas as provas colhidas durante as mais recentes operações deflagradas no estado. Conforme ressalta Auriney, o ponto forte da sua curta gestão na OAB foi o diálogo, que promete ampliar ainda mais na futura gestão, mas sem abrir mão do embate quando os canais de interlocução não se tornarem eficazes, conforme acentua:

“No período em que fiquei à frente da Seccional em substituição ao presidente Paulo Campello fui muito ajudado pelo Conselho Seccional, que é muito maduro. A minha preferência sempre será o dialogo; já tive oportunidade de conversar com Adepol (Associação dos Delegados de Polícia), diretoria do fórum, com o fórum federal e outras instituições; o diálogo sempre será priorizado; mas as prerrogativas do advogado são nossa prioridade, por isso partiremos para o embate se d não conseguirmos mudar a cultura de desrespeito, de desvalorização do advogado”, afirmou.


Diretoria eleita

Com a vitória da Chapa liderada por Auriney Brito, ele e a vice-presidente Patrícia Almeida vão presidir a instituição nos próximos três anos. Também compõe a diretoria eleita os advogados Sinya Juarez (secretária geral), Mauro Dias Jr. (secretário adjunto) e Edivan Santos (tesoureiro).

Para o Conselho Federal foram reeleitos como membros efetivos: Alessandro Uchôa de Brito e Helder Lima Ferreira. Felipe Sarmento Cordeiro é o 3º nome do Conselho Federal, eleito na vaga deixada por Charlles Bordalo, que se candidatou a presidente. A Caixa dos Advogados terá como presidente Jorge Anaice da Silva, atual tesoureiro. Elias Salviano Farias é o vice.

Reportagem: Rodrigo Silva, Elden Carlos e Ramon Palhares
Imagens: Joelson Palheta

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Um comentário em “Auriney Brito é eleito novo presidente da OAB Amapá”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *