Política

Carnaval 2019: órgãos de segurança iniciam planejamento estratégico para passagem da Banda

Ao todo, dez representantes de órgãos municipais e estaduais se reuniram para tratar dos preparativos do maior bloco de sujos da região Norte do país.

Compartilhe:

A Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM) anunciou um efetivo de 120 guardas, cinco viaturas e mais a utilização da unidade móvel de videomonitoramento para a passagem do bloco A Banda, no Carnaval 2019. A segurança dos brincantes foi o tema central de reunião nesta quarta-feira, 13, no auditório da Polícia Militar do Amapá. Ao todo, dez representantes de órgãos municipais e estaduais se reuniram para tratar dos preparativos do maior bloco de sujos da região Norte do país.

 

Esse foi o primeiro encontro para tratar da segurança conjunta do evento. Como nos anos anteriores, a Guarda Civil de Macapá irá ajudar no esquema com um efetivo. A grande novidade este ano é a unidade móvel de videomonitoramento. O ônibus possui cinco câmeras em alta resolução, que dão a visão ampla do espaço ao redor. Uma delas é posicionada em uma haste que levanta mais de 4 metros de altura e captura imagens de um raio de 500 metros com nitidez.

 

“Todos os anos a Guarda colabora com o esquema de segurança. Este ano não poderia ser diferente. Além dos homens nas ruas, viaturas motorizadas, teremos também esse suporte, com a unidade móvel de videomonitoramento. Além disso, estaremos em contato direto com as polícias Militar e Civil para, ao avistar suspeitos ou ocorrências, agirmos em conjunto”, destacou o inspetor Hilario Miranda, diretor interino do Departamento de Operações da GCMM.

 

A reunião, provocada pela direção do bloco, contou com representantes das polícias Civil e Militar, Vigilância em Saúde, Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac), Macapaluz, BPTran, Semduh e Justiça do Amapá. Neste primeiro momento, os órgãos fizeram proposições que serão deferidas no encontro marcado para quarta-feira, dia 20 de fevereiro.

 

Para o fundador e presidente do bloco, José Figueiredo de Souza, o “Savino”, a reunião foi produtiva. “Todos os anos pedimos o apoio dos órgãos para esse grande evento popular. Já dirimimos muitos assuntos, mas definiremos e faremos encaminhamentos na próxima reunião. O fato é que todos poderão se divertir com responsabilidade e segurança”, frisou.

Cássia Lima
Assessora de comunicação/GCMM

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *