Política

Governo quer conversar com Lucas sobre PEC 51

Proposta de Emenda à Constituição não foi votada, ontem, por falta de quórum em sessão do Senado da República.

Compartilhe:

Douglas Lima
Da Redação

Por falta de quórum, a proposta de Emenda à Constituição 51, amplamente conhecida por PEC 51, assinada pelo senador amapaense Lucas Barreto (PTB), deixou de ser votada à tarde dessa terça-feira, 4, mas ficou mantida na Ordem do Dia do plenário do Senado da República.

A Proposta de Emenda à Constituição 51 prevê aumento das transferências de recursos da União para as unidades federativas brasileiras.

Lucas, em entrevista, disse que vai continuar trabalhando para que a PEC seja logo votada e, se Deus quiser, aprovada. Para o senador, o;s governos estaduais devem entrar na luta a favor da proposta, porque são eles que passam as dificuldades inerentes ao repasse do FPE.

Constada a falta de quórum na sessão do Senado, ontem, o líder do governo naquela Casa de Leis, senador Fernando Bezerra, propôs que Lucas Barreto se reúna com o ministro da economia, Paulo Guedes, que teria uma proposta alternativa à PEC.

O autor da Proposta de Emenda à Constituição, Lucas Barreto, também em entrevista, registrou o interesse do governo de se reunir com ele, mas não disse que fará o encontro, preferindo o otimismo manifestado sobre o trâmite da medida.

 

 

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *