Política

Presidente do Senado e comandante da Marinha discutem aumento de calado para navios no Amapá

Segundo o presidente do Senado, com a frente parlamentar, o Congresso Nacional reforçará sua contribuição para o desenvolvimento da Marinha brasileira.

Compartilhe:

Em audiência com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), nesta terça-feira (23), o comandante da Marinha do Brasil, almirante Ilkes Barbosa Júnior, informou que será instalada, em maio, a Frente Parlamentar Mista da Marinha Mercante. O grupo reunirá deputados e senadores que desejam contribuir com as atividades do setor náutico civil brasileiro. Segundo o presidente do Senado, com a frente parlamentar, o Congresso Nacional reforçará sua contribuição para o desenvolvimento da Marinha brasileira.

Ilkes disse que a frente parlamentar promoverá debates relativos aos terminais, portos marítimos e aquaviários, e hidrovias. “As iniciativas exigem planejamento e políticas sólidas. Então a nossa presença aqui é contribuir, no que cabe à Marinha do Brasil, para o desenvolvimento nacional”, afirmou o comandante.
Navegação no Amapá

O comandante disse ao presidente Davi que está em fase de elaboração um estudo técnico para permitir o aumento do calado dos navios que aportam nos terminais do Amapá, por meio da lama fluída, técnica de navegabilidade.

“Cada centímetro a mais de calado para os navios significa maior quantidade de carga transportada”, explicou.

Ilkes também informou que a Marinha vai realizar um workshop sobre o tema, nos dias 18 e 19 de julho, em Macapá. Ele argumentou que a mudança nos navios interfere na segurança da navegação, salvaguarda da vida humana e prevenção ambiental.

Os senadores Lucas Barreto (PSD-AP) e Luiz do Carmo (MDB-GO) participaram da audiência.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *