Política

Resultado das eleições dá o tom à primeira sessão na Assembleia Legislativa após o pleito eleitoral

Tanto oposição quanto situação comentaram sobre candidatos eleitos, resultado de seus apoiados nos municípios, congratularam os campeões de votos, e, principalmente, analisaram a situação nas urnas.

Compartilhe:
Primeira sessão da Alap, após as eleições deste ano, teve como tema principal o resultado dos pleitos.

O grande expediente e as comunicações inadiáveis da primeira sessão da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), após as eleições deste ano, teve como tema principal o resultado dos pleitos. Tanto oposição quanto situação comentaram sobre candidatos eleitos, resultado de seus apoiados nos municípios, congratularam os campeões de votos, e, principalmente, analisaram a situação nas urnas. O deputado Junior Favacho (DEM) citou o trabalho realizado em Macapá e nas demais cidades do Amapá e do apoio da família como peça imprescindível na vitória do irmão, vereador Acácio Favacho (Pros), eleito deputado federal, e da própria vitória, se reelegendo para os próximos quatro anos.

 

Deputado Junior Favacho (DEM)

“No último domingo (7), fomos agraciados com a reeleição. A todos que conseguiram, meus parabéns e boa sorte. Aos que não conseguiram, saibam marcaram seus nomes na história desta Casa de Leis”, frisou Junior Favacho. Ao discursar, o deputado Ericláudio Alencar (PDT) fez uma autocrítica do seu trabalho e pediu desculpas ao povo do Amapá caso não tenha correspondido a expectativa que foi depositada na urna quando o elegerem deputado estadual. “Quero parabenizar os eleitos, aqueles que o povo outorgou a eles uma nova oportunidade para representá-lo”, frisou, informando que após deixar a política volta para a delegacia de polícia e exercer sua função de delegado.

 

Deputada Cristina Almeida

Da Tribuna da Casa, a deputada Cristina Almeida (PSB) agradeceu ao povo do Amapá, que devolveu o seu mandato. “Agradeço a todos os deputados que durante estes quatro anos aprovaram minhas proposituras. Aqui, cada parlamentar precisa do outro, e com esta unidade conseguimos dar um retorno à população amapaense”, destacou a deputada, citando os problemas ocorridos durante a eleição. “Tivemos uma eleição conturbada em pleno processo da democracia. Temos um sistema político que precisa ser mudado”, criticou a parlamentar, que é oposição no atual governo, sendo reeleita com 3.052 votos.

 

Deputada Roseli Matos (PP)

A primeira vice-presidente da Mesa Diretora da Casa, deputada Roseli Matos (PP), que não conseguiu a reeleição, ficou bastante emocionada durante seu discurso. A parlamentar do município de Santana, distante cerca de 17 quilômetros da capital (Macapá), que exerce a função de presidente da Escola do Legislativo, leu uma postagem da psicóloga Isilda Assunção, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de São Paulo, que esteve no Amapá no fim de junho deste ano ministrando palestra com o tema Ações para inclusão de pacientes com epilepsia nas escolas em Santana. A psicóloga usou as redes sociais para elogiar as virtudes pessoais e políticas da deputada.

 

Roseli Matos encerrou seu discurso agradecendo aos familiares, amigos e, principalmente, ao presidente da Casa, deputado Kaká Barbosa (PR), pelo trabalho feito e pela forma de administrar. “Estarei combatendo o bom combate, com mandato ou sem mandato”, finalizou a parlamentar. Nas comunicações inadiáveis, o segundo vice-presidente da Alap, deputado Max da AABB (SD), fez questão de exaltar a importância dos deputados que não foram reeleitos nas atividades das comissões permanentes do Parlamento. Max agradeceu a Deus e aos seus eleitores que confiaram nele. O deputado disse que sua bandeira nesse mandato será do desenvolvimento do estado. “Só resolvemos os problemas quando investimos no Amapá, gerando emprego e renda. Na ausência desses víeis, não teremos políticas públicas e a arrecadação fica deficiente, não permitindo investimentos nas áreas da saúde, segurança pública, educação e saneamento básico”, destacou.

 

Reeleito, o deputado Jory Oeiras (DC) também aproveitou para agradecer aos servidores públicos, militares e agentes penitenciário e a população amapaense. “Fica aqui a minha gratidão a todos que me reconduziram a esta Casa”, frisou. As deputadas Marilia Góes (PDT) e Edna Auzier (PSD) também usaram o espaço para agradecer. “Que essa eleição sirva de reflexão para o povo brasileiro, que a cada quatro anos nos faz uma avaliação. Gostaria que fóssemos avaliados no dia a dia do nosso trabalho”, finalizou Marilia Góes.

Fotos: Gerson Barbosa

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *