Política

Senador Randolfe faz representação no MP-AP pedindo atenção para situação de Oiapoque

Hoje (22), o senador Randolfe Rodrigues fez uma representação ao Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP) solicitando que o Governo do Amapá dê atenção devida ao município fronteiriço.

Compartilhe:

A fronteira do Amapá com a Guiana Francesa, o município de Oiapoque pede socorro. Hoje (22), o senador Randolfe Rodrigues fez uma representação ao Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP) solicitando que o Governo do Amapá dê atenção devida ao município fronteiriço.

 

A prefeitura municipal enviou ofício para pedir ajuda de 21 países, inclusive ao Itamaraty, pedindo Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e outras necessidades. A cidade tem 102 casos confirmados e três óbitos vítimas da covid-19.

 

Desde março o senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) tem buscado alternativas para fortalecer o sistema de saúde do município brasileiro. “No dia 16 encaminhamos ofício ao Governo Federal solicitando o fechamento da fronteira, na época não havia casos confirmados no Oiapoque”, explicou Randolfe.

 

Em abril foi sugerida a construção de um consórcio intermunicipal para ajudar no enfrentamento ao Coronavírus no Oiapoque, já em maio o senador oficiou o Ministério da Saúde sobre o pedido da gestão municipal de Oiapoque para realização de um acordo com a Guiana Francesa para a realização de testes rápidos. “A prefeitura fez o pedido em março e é fundamental para identificar os infectados e frear a proliferação do vírus, uma vez que o sistema de saúde local não terá capacidade para atender a demanda”, disse o parlamentar que fez a cobrança diretamente ao ministro da saúde, Nelson Teich, em audiência pública no Senado Federal, mas até hoje não houve resposta.

 

Um movimento tem pedido socorro nas redes sociais e chamando atenção para a situação da fronteira. O Movimento Amapá Solidário, por intermédio do senador, conseguiu a doação de álcool em gel da empresa L´Oréal para as populações indígenas e comunidades vulneráveis do Amapá, inclusive do Oiapoque.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *