Política

STJ deixa de julgar processo que envolve o governador Waldez Góes no caso dos consignados

Os autos foram encaminhados ao Ministério Público Federal e o julgamento passou para a próxima semana

Compartilhe:

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) proferiu, nesta quarta-feira (5), despacho de mero expediente determinando diligência no processo que envolve o governador Waldez Góes no caso dos consignados, adiando o julgamento marcado para hoje na Corte Especial.

O despacho determina o adiamento da ação penal e a imediata remessa dos autos ao Ministério Público Federal (MPF) e também manda que o feito seja mantido em pauta da sessão de julgamento a ocorrer no dia 13 de junho, salvo se alguma sessão extraordinária for convocada antes dessa data para dar continuidade ao julgamento de processos remanescentes da pauta de 5 de junho.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *