Política

Waldez e Capiberibe são habilitados para o segundo turno

Os candidatos ao governo do estado do Amapá tiveram as maiores votações na eleição majoritária para o Palácio do Setentrião, realizada neste domingo, 7 de outubro.

Compartilhe:
Waldez e Capiberibe receberam passaporte popular para disputar o segundo turno da disputa ao governo do estado.

Waldez Góes, do PDT, e João Capiberibe, do PSB, vão disputar o segundo turno da eleição majoritária para o governo do estado do Amapá, dia 28 próximo. Essa definição foi imposta pelo voto popular nas eleições gerais de 2018, neste domingo, 7, nas quais também houve sufrágios para Presidente da República, senadores, deputados estaduais e deputados federais.

Waldez e Capi se habilitaram ao segundo turno obtendo, respectivamente, 133.214 votos, 48% dos sufrágios válidos, e 119.500. Pelo menos até às 21h30min o TRE-AP ainda não tinha  revelado a totalidade dos votos do pessebista, que minutos depois do início da apuração estava passível de ter os votos nulos, por decisão do TSE, em razão da coligação com o PT, partido condenado por não prestar contas na Justiça Eleitoral, em 2015.

Uma liminar expedida às 18h7min, assinada pelo ministro Og Fernandes, do próprio TSE, dava a Capiberibe o direito de ter os seus votos revelados e tidos como válidos.

Na sequência da votação, o candidato ao governo pelo DEM, Davi Alcolumbre, ficou em terceiro lugar com 94.278 dos votos válidos, 33,97% dos eleitores, seguido pó Cirilo Fernandes (PSL), recebeu 45.197 votos (16,29%), e Gianfranco, do PSTU, com 4.818 sufrágios (1,74%).

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *