Política

Davi leva Serrão a ministro e assegura recursos para Laranjal do Jari

Medida vai socorrer a vítimas da cheia do rio e reconstruir passarelas no município. Ministro Rogério Marinho confirma viagem ao Amapá no dia 29 de junho

Compartilhe:

Recursos para socorrer aos mais vulneráveis e garantia de reconstrução de passarelas, agora em concreto e em madeira de lei. Estas foram as duas decisões anunciadas depois da audiência que o senador Davi Alcolumbre (Democratas-AP) solicitou ao ministro Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, com a presença do prefeito Márcio Serrão e do secretário nacional da Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, para tratar do socorro a Laranjal do Jari, em decorrência da cheia que afetou mais de 7 mil pessoas no município ao sul do Amapá. A audiência ocorreu no ministério do Desenvolvimento Regional, em Brasília, na manhã desta quinta-feira (10).

“Eu quero só agradecer ao ministro Rogério Marinho, ao senador Davi, ao coronel Alexandre, pela resposta imediata à tragédia da enchente lá no Jari neste ano. Uma resposta imediata, onde a defesa civil já se posicionou, através do ministério, favorável a todas as solicitações feitas para amparar as famílias atingidas na enchente. E a resposta imediata da reconstrução das passarelas que foram danificadas e destruídas na enchente de 2021”, disse o prefeito Márcio Serrão.

 

Chuva, cheias e estragos

As chuvas e consequentemente as cheias fizeram estragos no Amapá. Somente em Laranjal, mais de 7 mil pessoas foram afetadas pela cheia do Rio Jari, que chegou a subir 2, 45 metros. A prefeitura do município decretou situação de emergência e as equipes assistenciais providenciaram um cadastro das famílias afetadas.

O ministro Rogério Marinho explicou que amanhã (11) os recursos emergenciais já serão liberados para o município e aproveitou para confirmar sua visita ao estado no dia 29 de junho.

 

Água, esgoto e inovação

“É com alegria que confirmo que no dia 29 estaremos no Amapá, 29 agora do mês de junho, junto com o senador Davi, com o presidente do BNDES, tratando justamente de um grande projeto para o Amapá, que vai ser a universalização do tratamento de água e esgoto no estado. Acho importante colocar o papel relevante e essencial do senador Davi Alcolumbre cumpriu para o Amapá, de uma forma muito especial, mas para o Brasil como um todo. Nós somos um país com mais de 100 milhões de brasileiros sem tratamento de esgoto. Quase 30 milhões de brasileiros sem tratamento de água. Ao longo dos próximos 8, 9,10 anos, nós teremos a universalização desse serviço para saúde da população do Amapá, para diminuir a mortalidade no Brasil, para gerar empregos, investimentos. É uma extraordinária inovação que ocorrerá no estado do Amapá e nós iremos lá, para conversar com os prefeitos”, disse Rogério Marinho.

“Muito obrigado, ministro. Especialmente por se colocar à disposição e atender aos pleitos justos e urgentes do meu Amapá”, agradeceu Alcolumbre.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *